preloader

Expansor design imāginārium

O processo criativo

Uma das características mais marcantes na área do design é a capacidade de direcionar múltiplas realidades a partir do ideário especulativo. Em um estado mais puro, as ideias são fluxos de pensamentos decodificados que se projetam no espaço imāginārium e que se expandem para formar uma vasta rede inspiracional.

 

Na gênese do processo criativo, o abstrato e o caos são formados por uma substância ainda informe e ausente de significado, localizado apenas no ideário da mente do indivíduo. Para simplificar este pensamento, imagine-se diante de uma folha em branco, onde tudo o que precisa fazer é dar à luz a resolução de um problema ou simplesmente transcender a inércia do ócio criativo. O desafio é transpor o vazio e preencher o espaço através de  uma visão resolutiva que nasce primeiramente na sua mente.

 

Então a transposição deste processo inicia-se abstrair os primeiros rascunhos, até o passo de evoluir para uma moldagem cujo a finalidade atenda aos anseios do que estava apenas na sua mente. Este processo dá-se, a partir de uma ação coordenada pelo desejo intencional do indivíduo que busca pela resolução de uma questão, ou pelo fluir de um momento espontâneo comumente chamado “eureka”.

 

Algumas pessoas ficam bloqueadas diante de uma folha em branco ou através de um exercício imaginativo por não saber como conduzir o processo criativo. Mas para transpor o imaginativo é simples, basta iniciar alguns traços e permitir que as ideias fluam inspiradas e que se transformem de conceitos abstratos em formas básicas que transmitam a ideia em sua mente, assim haverá um princípio de construção de um projeto.

 

destacar o conceito do possível adjacente criado por Stuart Kauffman, apresentado por Steven Johnson em seu livro “De onde vêm as boas ideias” e o pensamento de segundo nível apresentado por Howard Marks em seu livro “The Most Important Thing”. Se para um o ambiente externo exerce forte influência para se decompor o impossível face ao tempo

 

Apesar de díspares, ambos os conceitos foram apresentados sobre a óptica de um pensamento divergente, contribuindo para ressaltar a confluência do processo criativo como uma abordagem que se distancia da linha do real, ultrapassando para a terra do imaginário e tornando a percepção uma poderosa e distinta tecnologia humana.

 

criação e descoberta de pensamentos que se conectam no decurso de eventos passados, se moldam na realidade presente e se conectam com um futuro plausível. por meio da observação conectando passado, presente e futuro no universo corporativo, com o objetivo de expandir novos horizontes e criar novas esferas de integração por meio do pensamento criativo.

 

Se construir uma marca é uma questão de perspectiva de design e posicionamento estratégico, talvez a criatividade e a inspiração sejam os propulsores deste azimute que tangibiliza a nossa interação com o mundo das marcas por meio de novos insights, ideias recicladas e a sua aplicação no universo corporativo.

 

Expansor design imāginārium é a nossa maneira de perceber e intuir cada projeto aqui na exito.design. É como enxergamos e enfrentamos os pequenos e grandes desafios sempre acentuando uma abordagem baseada na multidisciplinaridade e na visão holística. Trabalhamos a identidade verbal e visual utlizando o nosso processo que chamamos de Vortex, para construir a imagética de marcas repleta de significados de maneira consciente.

 

Como designers, somos desafiados a ressignificar conceitos, recriar hipóteses, e reordenar o caos utilizando o feeling e o processo criativo. Ao equacionar novas rotas, descobrimos trajetórias inexploradas e encontramos possibilidades para restabelecer o ponto de equilíbrio em torno do propósito de valor de cada marca.

 

Sendo assim, não se trata apenas de criar produtos, marcas ou serviços com uma boa estética, é fundamental entender os fatores constituintes de cada negócio, observar a configuração dos processos, práticas e técnicas, a fim de agrupar todos os requisitos em torno da lógica de negócio e da experiência aprimorada para cada cliente.

 

Em linhas gerais a visão corporativa estabelece a perspectiva de futuro, dita o movimento, aceleração e o peso gravitacional que irá compor a utilidade prática e a capacidade de execução do conhecimento adquirido, uma vez que a operacionalização e a experiência geram um profundo entendimento sobre a natureza econômica, modelos de negócios, capital humano, cultura e gestão. A dinâmica que interliga as esferas como comunicação, operacional, design, pesquisa e desenvolvimento entre tantos outros é o que torna possível elevar a dimensão da satisfação e benefícios para a vida das pessoas por meio de produtos e serviços construídos de forma sustentável e colaborativa.

 

Como profissionais criativos precisamos intuir como estas forças coexistem e como podemos gerar equivalência no microcosmos das empresas.Quanto mais complexa é a órbita em que as empresas estão inseridas, maior será o nível de exigência em torno de uma satisfação gravitacional. A concorrência gravita sobre o eixo da desintegração, tornando marcas obsoletas na mente dos consumidores e gerando poeira cósmica no vasto e sombrio mercado de capitais.

 

Porém, este também é o cenário de surgimento de novas estrelas, de novas formas, de novas grafias e etimologias, o jogo de cores que assume a liderança e o brilho no resplandecer etéreo de novas propostas de valor. Assim surgem novas atitudes e sinais tecnológicos que subvertem a expansão em torno de novas oportunidades.

linhas e ações em perspectivas com futuro de produtos, marcas e serviços.

A esfera do design é ampla e envolve uma atitude configurativa em relação a processos e normativas. Não é por acaso que estamos sempre circulando e ascendendo em torno de… O design é essencialmente um processo configurativo que tem o papel de centrar na espera o núcleo que gera drives e importantes diretrizes que constituem as premissas da capacidade realizadora

Aqui na exito.design focamos na visão holística e multidisciplinar através da imersão e jornada de descoberta de cada desafio.

Carlos Tomaz
Carlos Tomaz

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência. Entendi? Mais informações