preloader

O novo fluxo e as relações interativas dos usuários

Reflexões para um mundo mais consciente

Os clientes e as relações de consumo, estão passando por um período transformacional. Esse imperativo, evidencia como as novas tecnologias e a experiência digital têm proporcionado mudanças de hábitos. Neste contexto, é necessário usar novas estratégias para atender as necessidades do público-alvo, aprimorar o relacionamento, comunicação e a experiência promovida pelas marcas, produtos e serviços.

A maneira como o público interage com as marcas, está em constante processo de mudança, além de atuarem em um cenário cada vez mais dinâmico, complexo e repleto de desafios. Atualmente, os consumidores estão a um click de distância de qualquer informação, logo, possuem maior autonomia para suas escolhas e tomada de decisão. Não há dúvidas sobre a valorização da experiência como forma de se obter sucesso com os clientes, sendo assim, não há como negar o poder das mídias sociais como um agente influenciador de novos padrões.

Vale ressaltar, que a transformação digital impulsionou a presença online das empresas e tem atuado como catalisador da multicanalidade, além de possibilitar a criação de novos modelos de negócios, ampliando a oferta ea demanda por produtos customizados e criando o ambiente ideal para gerar escalabilidade nas vendas. Associado a estes fatores, é possível identificar que as instituições estão sendo desafiadas a criarem novas abordagens, utilizando Inteligência Artificial, Data Driven e Marketing Digital para se relacionarem com seus públicos de maneira mais eficiente.

O uso destas tecnologias diminui atritos, reformula jornadas e estabelece o mapeamento do consumidor, a partir da análise de dados e aprofundamento do conhecimento sobre seus hábitos e desejos.Neste cenário, nascem grandes marcas de valor, adaptadas às múltiplas plataformas e canais de relacionamento. Mas, os desdobramentos da revolução digital, também trazem outros impactos, como o aumento da competitividade e a necessidade de se trabalhar um posicionamento digital de forma estratégica, gestão de marketing, campanhas digitais, funil de vendas e nutrição de conteúdo. Sendo assim, fica evidente a necessidade de um programa de encantamento que fortaleça a proposta de valor das empresas, além de uma comunicação efetiva e transparente. Este é o trilho que pode promover mais engajamento e transformar os detratores em defensores da marca, reduzindo o turnover e ampliando o market share.

Na definição de Kotler, o marketing é um método eficaz de se promover vendas, antevendo características de comportamentos, aspectos culturais, estéticos, psicológicos e outras características inerentes aos clientes. Isto equivale a decodificar a dinâmica do mercado sobre a ótica do consumidor, desta forma, está um passo à frente, as empresas que conseguem expressar suas idéias por meio de produtos inovadores, acoplados a uma matriz de relacionamento e a um programa de fidelização para garantir o sucesso do cliente.

No contexto atual, não basta ter narrativas bonitas, o discurso é parte importante, mas é preciso estar alinhado à cultura de valor e aos benefícios tangíveis, proporcionados pelos produtos e serviços. Mas, se olharmos para um futuro plausível, é possível identificar que as relações de consumo ainda passarão por um novo ciclo ou processo de conexão, mais fluido e conectado a hiper personalização, é causa e efeito, estabelecido pelo crescimento de novas plataformas, mídias instantâneas e pelo uso de recursos cada vez mais interativos.

É possível prever, dado o cenário proposto, que haverá em um pequeno espaço de tempo o uso mais acentuado das tecnologias de realidade imersivas. E isto, inevitavelmente possibilitará outros níveis de exploração dos sentidos, através dos sensores, atuadores e interfaces inovadoras. E se formos além, poderemos identificar a singularidade tecnológica abrindo espaço para novas associações do neuromarketing, como elo entre experiência, percepção e registro de memória.

Quanto maior for o aprofundamento do conhecimento sobre o público, melhores serão as estratégias, desta forma o marketing é o vetor que direciona o crescimento, sendo o ponto de partida para a divulgação e atração para as vendas. É uma ferramenta indispensável para qualquer empresa, independente do porte ou setor. Os princípios do marketing, baseiam-se em atender as expectativas e desejos dos consumidores e as suas ações são necessárias para reter, fidelizar e conquistar clientes.

Vale a pena citar dois pensamentos de Peter Drucker, o primeiro diz que tudo o que pode ser mensurado, pode ser melhorado e o segundo é o reflexo da sua teoria que diz que uma empresa que consegue vender o produto ou serviço ideal para o cliente certo, por um preço competitivo e no momento oportuno, todo o processo de vendas se tornará automático, já que as estratégias certas foram usadas. Em suma, tais características só reforçam a importância do marketing no contexto empresarial. Seja através da elaboração de um bom planejamento mercadológico, na criação de estratégias digitais, posicionamento competitivo ou como forma de se obter resultados e mensuração dos critérios de avaliação e crescimento.

Carlos Tomaz
Carlos Tomaz

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência. Entendi? Mais informações